Açodamento perigoso

O Brasil já assistiu a vários fracassos da ação do Ministério Público em face do açodamento com que seus integrantes se entregaram a ações e operações carregadas de boas intenções e também de tantos erros. Esta parece ser a situação atual do procurador-geral Rodrigo Janot, que deixa o cargo em menos de dez dias e antes disso viu-se enredado numa situação no mínimo constrangedora: a delação premiada que negociou com Joesley Batista, agora se mostra cheia de furos porque o beneficiário de um acordo judicial sem precedentes escondeu e omitiu informações – uma delas a de que um ex-procurador da República, da assessoria de Janot, pode ter usado essa condição para favorecer o delator. Por tudo que se divulgou o país tem Joesley e seus cupinchas como os mais destemidos bandidos do país. É claro que não se pode agora invocar esse grave erro (para dizer o mínimo) do chefe do MPF para anular provas obtidas na delação e que comprometeram centenas de políticos, entre os quais o próprio presidente Michel Temer. Porém, há que se considerar que o procedimento do chefe do Ministério Público Federal enfraquece sua posição, debilita eventuais novas denúncias contra Temer e outros políticos e mostra que há sempre o risco de se anular uma boa investigação em face do açodamento de quem a comanda. Não é exagerado afirmar que Janot, o investigador de hoje pode ser investigado amanhã.

Marcelo Castro segue mantendo boas relações na área de estradas. Com o bafejo do PT até fora do Piauí
Marcelo Castro segue mantendo boas relações na área de estradas. Com o bafejo do PT até fora do Piauí

Desavisado
Realmente, muito impactante a frase de Wellington: “No Piauí mexeu com Lula, mexeu comigo”.
Só esqueceram de avisar ao engenheiro.

Desencantou
Flávio Nogueira (Turismo) anuncia que finalmente em dezembro deve ser inaugurado o Centro de Convenções de Teresina, cuja reforma de tão demorada parece mais a construção de uma catedral.

Bibelô
Mas o jovem Flávio ficou uma arara com Henrique Pires, alçado por Temer à condição de secretário nacional de Turismo. O secretário diz que para o Piauí a presença de Pires no cargo é decorativa, já que isso não fez cair um só centavo nas contas da Setur para obras de turismo no Estado.

Paralelepípedo
Enquanto isso, a Setur segue realizando obras de pavimentação pelo Piauí afora. No dia 25 de setembro deve realizar licitações para obras de pavimentação de 7.050,00m² em paralelepípedo em Monsenhor Gil e de 11.995,50m² em Buriti dos Montes.

O especialista
Especialista em estradas, como se disse anos atrás, Marcelo Castro segue fazendo bom uso de seus conhecimentos rodoviários. Isso porque a Jurema, empresa da família Castro, foi recentemente contemplada com três gordos contratos com o governo da Bahia.

Primocracia
Os laços familiares certamente são importantes nessas horas. No Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia, um primo do deputado Marcelo, Dr. Antero, é diretor. O Derba é responsável pelas três grandes obras rodoviárias que somam R$ 270 milhões.
A maior delas, de R$ 120 milhões fica na região da Guanambi.

Lula cá
Marcelo Castro já declarou apoio a Lula como candidato a presidente e Wellington Dias como pretendente a mais um mandato de governador Wellington Dias. Mas é na Bahia que estão as melhores razões para o seu afeto ao petismo, notadamente na estrada entre Remanso e Casa Nova, onde a Jurema faz uma grande obra, com canteiro na localidade Rancho Alegre.
E, observe, pondo asfalto em cima de asfalto bom.

Procissão
João Vicente Claudino compareceu aos festejos de Santa Cruz dos Milagres, mas foi sem muita gente. Entre os deputados estaduais do PTB, partido ao qual era filiado, somente uma, Janaina Marques, que é devota, estava presente.

É fogo!
O Corpo de Bombeiros deveria ter feito na terça-feira, 5 de setembro, licitação para a compra de equipamentos de combate a incêndio. Porém, a licitação foi cancelada. A corporação não informou os motivos do cancelamento.

Grave risco
O aumento do calor e a baixa umidade relativa do ar a partir deste mês já fez aumentar o número de queimadas em vegetação no Estado. Com um Corpo de Bombeiros que não dá conta de tantas ocorrências, falta uma campanha de conscientização para reduzir os incêndios.

Intolerância
Em boa hora, por iniciativa do vereador Venâncio Cardoso (PP), a Câmara Municipal tratou da intolerância religiosa em Teresina, que recai, sobretudo, sobre os cultos de raiz africana. Mas antes de debater, é preciso botar os intolerantes no lugar devido: a cadeia.

Ping Pong

Velho conhecido

Ao chegar à festa de comemoração dos 29 anos do PT, o deputado federal Nazareno Fonteles espantou-se ao ver até deputado da oposição presente. Um repórter o provocou.
O repórter: “Você precisa ver é o Leal Júnior dando entrevista e mostrando que conhece o PT mais que seus fundadores...”
Nazareno: “O Leal conhece mesmo, na época o governo dele mandava bater na gente”.

Originalmente publicado em 16 de fevereiro de 2009.

Expressas

Estudantes da zona rural de Batalha estão sem aulas porque o governo estadual atrasou o pagamento do transporte escolar.

Representa uma perda para a pediatria do Piauí a morte do médico Francisco Passos, que foi diretor do Hospital Infantil Lucídio Portella.

Acontece de 20 a 22 de setembro a 2ª edição do Salão do Livro do Dirceu (Saliceu), no Campus Clóvis Moura, da Uespi.