A lava jato no Piauí

Está cada vez mais próximo o anúncio de que a Operação Lava Jato vai mostrar ao grande público as ramificações das investigações que ocorreram também em vários Estados e, entre eles, o Piauí. O que se vê hoje é que por questão de foro privilegiado, o assunto fica mais restrito a Brasília, em função do envolvimento do presidente da República, ministros, senadores e deputados federais. Embora o nome do senador Ciro Nogueira seja habitualmente ventilado, o certo é que, até aqui, nenhuma prova contundente ou expressiva foi produzida contra ele. Essa última, do delator, de que levou uma mala de dinheiro para o carro do senador e, no entanto, não foi filmada, só descaracteriza a delação. E o senador, por seu turno, mantém-se na posição de aparente tranquilidade, reafirmando que renuncia ao mandato se houver alguma prova que caracterize sua culpa. O que vem por aí são as divulgações que envolvem outros presidentes de partido, especialmente de diretórios estaduais, que participaram de situações bem mais graves, envolvendo permutas de obras e negócios escusos em outros estados onde se inverteram as construtoras e os beneficiários, como forma de ludibriar os investigadores, em especial a Polícia Federal.  Na lista do doleiro Funaro o presidente regional do PMDB do Piauí, Marcelo Castro, aparece como tendo recebido R$ 1 milhão. Por outro lado, igualmente nos partidos que hoje fazem oposição, e que até ontem eram governo, ha indícios muito fortes de que personalidades graduadas do estado estão sendo investigadas. Como se pode vê, é a vez do baixo clero ser também alcançado, e, nisso, levar de roldão uma plêiade de homens que se julgam acima do bem e do mal, mas que, na verdade, também eles sempre estiveram envolvidos na mesma trama de desvio de dinheiro público, de negócios esportivos e negociatas.

Jornalista Domingos Meireles fará palestra no encontro de jornalistas do Piauí
Jornalista Domingos Meireles fará palestra no encontro de jornalistas do Piauí

Vai, Geddel!
Já se diz em Brasília que Geddel é o Palocci do PMDB. 
Não por ter a língua presa, mas por não ter o equilíbrio emocional para aguentar muito tempo na Papuda. 
Principalmente depois que os detentos mais perigosos de lá anunciaram que vão mexer com os corruptos.

O dançarino
Bom mesmo é o vídeo que roda nas redes sociais mostrando o irmão (quase gêmeo) de Geddel, o deputado Lúcio Vieira Lima, dançando numa inauguração no interior da Bahia. 
O gingado do baiano mostra que ele não está nem aí com a pouca sorte do irmão.

Esquisito
Um ‘educador de teatro’ encaminhou longo texto denunciando perseguição de grupos fundamentalistas e a existência de uma célula do Estado Islâmico no Piauí. 
No e-mail ele diz que pediu proteção à Polícia.

Perseguido
‘Mauricio’, diz que vem sofrendo as perseguições desde quando participou de manifestações na cidade para baixar as tarifas dos ônibus, em 2013.
Teve que mudar de casa.

Imprensa
Por proposição do deputado Henrique Rebelo, a Assembleia Legislativa dedicou uma sessão especial em homenagem aos jornalistas, por conta do Dia a Imprensa. 
Rebelo, neto de Walter Alencar, o idealizador e fundador da TV Clube, fez contundente discurso contando a história do jornalismo.

Destaque
O mais longevo dos jornalistas do batente, hoje, o pluralíssimo Chyco Viana, também fez um belo registro, enfocando a mídia no seu nascedouro com Hipólito da Costa até o surgimento das novas mídias.

Sem Diploma
Por não ter curso superior, Joesley vai ficar em cela comum. 
Realmente, com aquele palavreado ‘nóis num vai preso’, o açougueiro mais importante do Brasil deve está sentindo falta do que o seu dinheiro não pode comprar: um diploma. 
Comprou todo mundo, of course. 

Olhe lá!
Há fortes indícios de que a morte do advogado Ozires Neto não foi latrocínio. 
Pelas filmagens, percebe-se que o atirador não levou nada. Por cima do vidro do carro ele atirou.
Cheira a execução. 

Cassação
Em sua sessão de ontem, o TRE cassou seis vereadores da cidade de Valença. E, ainda, 23 candidatos. 
Os suplentes estão soltando rojões.

Encontro jornalista
A partir de depois de amanhã, até sábado, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Piauí realiza o X Encontro Estadual de Jornalistas.
Domingos Meireles, presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a jornalista Beth Costa, ex-presidente da Fenaj e ex-secretária-geral da Federação Internacional de Jornalistas farão palestras no evento.

Atentai!
Estão falando no advogado Norberto Campelo como provável candidato às eleições de 2018. 
Tudo muito bem. Ele só precisa ter cuidado com as companhias que o cercam.

Ping Pong

Cadê o mandato

O repórter Walcy Vieira, do Portal AZ, vai entrevistar o deputado Robert Rios, sobre os ataques da blogueira paranaense contra ele, por ter feito a defesa da senadora Regina Souza. 
Walcy: “A blogueira disse num vídeo que quer debater com você aqui na Assembleia Legislativa...”
Robert: “Nesse caso eu vou esperar que ela dispute uma eleição e se eleja deputada, porque aqui só discursa quem tem mandato”.

Publicado originalmente em 7 de Setembro de 2016.

Expressas

HUT realiza hoje ação pelo Dia Mundial da Sepse. Doença mata mais que câncer ou infarto. 

Prefeitura realiza Fórum voltado para requalificação do Centro de Teresina. O evento acontecerá nos dias 19 e 20 de setembro, no Sebrae.

Gestores discutem eficiência dos serviços de saúde em Teresina. Regulação online de consultas, exames e internação foi discutida na reunião.