Torres denuncia que povoado está isolado de Timon, sem médicos, sem aulas por falta de água

O caminhão destinado ao município está sob suspeição de ter feito trabalho de esgotamento de águas pluviais em Timon

Francisco Torres denuncia descaso no Buriti Cortado
Francisco Torres denuncia descaso no Buriti Cortado

Usando de sua prerrogativa de denunciar e afirmando que a “denúncia vale mais que um requerimento apresentado e aprovado na Câmara”, o vereador Francisco Torres (PMDB) teceu críticas ao executivo por conta da falta de providência em solucionar os problemas do povoado Buriti Cortado, que está isolado de Timon por falta de água há bastante tempo e mesmo com seus pedidos de providências nada até agora foi feito para minimizar o sofrimento dos moradores da localidade.

“O médico está indo, mas não faz atendimento por falta de água. As escolas estão funcionando em somente um expediente, depois do intervalo, a orientação é de que cada aluno leve um litro de água para a escola para poder ter aulas”, denunciou Torres.

O vereador chamou á atenção dos colegas da base do governo que forma bem votados na localidade, mas que até o momento não demonstraram interesses pelo sofrimento dos moradores. Ao líder do governo, Jose Carlos Assunção (PSB), Torres denunciou que o sistema de abastecimento da localidade é gerenciado pelo SAAE, que arrecada o dinheiro dos moradores, não paga a energia que é fornecida pela Cemar e por isso a água está cortada, denunciou o vereador.

Caminhão pipa é suspeito de ter “esgotando” água de esgoto em Timon

Segundo o vereador, existe a suspeição de um caminhão pipa destinado pelo município para fornecer e distribuir água para a população seria o mesmo que teria feito um trabalho de “esgotamento” de esgoto em Timon e por isso, os moradores estão com receio de usar essa água levada por esse caminhão, pois o questionamento é saber se depois desse serviço executado pelo caminhão, o mesmo teria passado por tratamento adequado de higienização para ser utilizado novamente no transporte água potável para a população, esboçou preocupação o vereador peemedebista.

As denúncias levadas à tribuna pelo vereador Francisco Torres (PMDB) constam de um relatório elaborado pela Associação dos Moradores do Povoado Buriti Cortado.