Silvio Mendes comenta cenário eleitoral para 2018

O ex-prefeito de Teresina também comentou os principais desafios no setor da saúde no Programa Café com Informação

Teresina é a terceira capital brasileira que mais investe em saúde, segundo levantamento do Conselho Federal de Medicina. O crescimento na área traz cada vez mais pacientes de diversos estados a capital, o chamado Polo de Saúde. O espaço concentra a maioria dos serviços e tem um peso decisivo na economia.

Silvio Mendes é o entrevistado do Café com Informação dessa semana (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)
Silvio Mendes é o entrevistado do Café com Informação dessa semana (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)

Na área da saúde, a Prefeitura de Teresina possui 11.038 funcionários e com uma Folha de Pagamento em torno de R$ 58 milhões por mês. Isso se deve também ao número de pacientes atendidos pelos estabelecimentos de saúde, naturais da capital e/ou oriundos de outros estados. A frente da administração da Fundação Municipal de Saúde, Silvio Mendes entende muito bem dos desafios e das inovações do setor na capital. Segundo Silvio, de cada R$ 100 que a Prefeitura arrecada, R$ 36 é investido no setor.

“Durante muitos anos, Teresina teve um sistema de local de saúde formado pelo setor privado, filantrópico e pelo poder público. Mas também é formado pela população da cidade assim como pelas regiões circunvizinhas. Teresina se destaca assim no Nordeste, porque sua rede de saúde cresceu muito nos últimos anos e por isso que há muito gastos com o setor”, disse o presidente.

Fechamento das UTIs neonatais

Recentemente, houve uma polêmica sobre o fechamento UTIs Neonatais das maternidades municipais de Teresina, situadas nos bairros Dirceu Arcoverde, Buenos Aires e Promorar. A partir da denúncia, Silvio Mendes, rebate e declara: “Os leitos não vão fechar. Primeiro, houve uma comunicação inadequada. Segundo, manipulação de informação. E terceiro, alguns interesses contrários. Mas por uma questão de necessidade da UTI da Maternidade Lúcido Portela, que estava em reforma e não terminava, fomos obrigados a fazer uma UTI na Maternidade Wall Ferraz”, esclareceu.

O jornalista Arimatéia Azevedo entrevista no Café com Informação o presidente da FMS, Silvio Mendes (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)
O jornalista Arimatéia Azevedo entrevista no Café com Informação o presidente da FMS, Silvio Mendes (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)

De acordo com o presidente da FMS foi um estudo que detectou uma deficiência com relação à quantidade de leitos de UTIs para adultos e crianças. “Onde é que as crianças morrem mais? Nos primeiros meses de vida. Com base nisso, nós procuramos uma solução: transferir os leitos de UTIs da Maternidade Wall Ferraz para juntá-las aos 30 leitos da Maternidade Evangelina Rosa”, indicou Mendes.

Unidades Básicas de Saúde

Com relação às Unidades Básicas de Saúde, o presidente da Fundação Municipal de Saúde informou que a capital piauiense possui 90 unidades de saúde. “Pelos cálculos da Organização Mundial de Saúde, o correto era termos só a metade desse total. Mas como temos espaços vazios e a população não está bem distribuída, precisávamos fazer o dobro dessas unidades básicas”, enfatizou.

Hospital de Urgência

Já no mês de agosto, o Ministério Público do Piauí expediu recomendação presidente da FMS e ao diretor do Hospital de Urgência de Teresina, Gilberto Albuquerque, para que fossem corrigidas todas as irregularidades encontradas em relatório de inspeção sanitária. Para Silvio, poucos hospitais de urgência no Brasil têm um ambiente como o HUT.

“Primeiro, porque o HUT não deveria ser do município, mas coordenado pelo Estado. Segundo, com relação à despesa, o Hospital de Urgência foi construído com recursos de R$ 26 milhões. Sendo que os R$ 20 milhões foram entregues pelo Ministério da Saúde, enquanto os R$ 6 milhões foram repassados pelo município. O Hospital de Urgência custa em média, R$ 12 a 14 milhões por mês, e tem uma receita de R$ 2,5 milhões. Portanto, nunca fecha essa conta”.

Confira a entrevista completa com o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Silvio Mendes, além de mais informações e polêmicas sobre o setor da saúde no Programa Café com Informação desse sábado, 16. O programa é exibido a partir das 9:30h na Band Piauí e às 10h no Portal AZ.

Assista abaixo ao programa na íntegra: