Taxistas protestam contra aplicativos do UBER

 

Muita confusão no centro de São Luís nessa segunda-feira, provocada por um grupo de taxistas que realizou um protesto, contra os serviços de transporte particular de passageiros. Eles pedem mais fiscalização diante da operacionalização dos  aplicativos de transporte como o Uber e o Yet Go.

De acordo com a organização da ação, centenas de taxistas participaram da carreata. A Polícia Militar acompanhou o ato, mas não divulgou números. A concentração começou por volta das 4h da manhã, no bairro da Alemanha, saindo em direção ao Detran-MA.

O comboio percorreu as avenidas dos Franceses, Getúlio Vargas e interditaram   um trecho da Avenida Beira-Mar, na cabeceira da Ponte Governador José Sarney, que interliga o São Francisco ao Centro da capital maranhense.

A via ficou interditada até que um representante da Prefeitura de São Luís apareceu no local para dialogar com a categoria. Os taxistas reclamam que cerca de 80% das corridas foram prejudicadas após a chegada dos aplicativos de transporte.

A polêmica do Uber em São Luís se arrasta desde 2015. A Câmara de vereadores, através da ex-vereadora Luciana Mendes apresentou um projeto de lei que versava sobre o tema e que proibia o serviço. A proposta chegou a ser apreciada e aprovada pela Casa e, no ano passado, foi encaminhada para sanção ou veto do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT). No entanto, o prefeito se omitiu e a matéria voltou para a apreciação legislativa.

Os taxistas dizem que “estão passando fome” por causa do Uber e no dia 26 de abril deste ano,  sob pressão de categorias como a dos taxistas, a Câmara aprovou a legislação, proibindo o serviço na capital maranhense. Um dia após a promulgação da Lei nº 429, uma Ação Popular foi protocolada na Justiça, requerendo a revogação da lei  que restringia o Uber. O pedido foi encaminhado para a Vara de Interesses Difusos e Coletivos da capital e negado pelo juiz Manoel Matos de Araújo Chaves.

Nesse momento corre a informação de que a Secretaria de Trânsito e Transporte está apreendendo os carros do UBER na área do Calhau, provocando congestionamento no trânsito, numa área de grande escoação do tráfego para quem reside na área das praias.

Priotesto dos taxistas contra a circulação do UBER