Othelino participa de encontro que criou Colégio de Presidentes das Assembleias do Nordeste

O primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), representou a Casa no 1º Encontro de Presidentes das Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste, que ocorreu, nesta sexta-feira (25), no Salão Nobre Deputado Alceu Coutinho, no Ceará. Na oportunidade, os parlamentares criaram o Colégio de Presidentes das Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste como mais um instrumento de fortalecimento da região.

Com  sede no Ceará, o Colégio de Presidentes das Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste tem como objetivo discutir os assuntos que sejam de interesse comum, assim como fortalecer o Parlamento da região e seus projetos. Durante o evento, os integrantes assistiram à palestra intitulada “Momento Político Eleitoral, eleições 2018, e as alternativas constitucionais legais” com o procurador e doutor em Direito, Martônio Mont’Alverne.

Segundo Othelino Neto (PCdoB), que foi ao encontro por designação do presidente da Alema, deputado Humberto Coutinho (PDT), a criação do Colégio foi “um passo importante para a articulação da região”. Na opinião dele, muitas proposições estão deixando de acontecer ou de ter uma tramitação mais célere ‒ como projetos de lei e PECs que tramitam no Congresso ‒por causa da falta de articulação.

“O Colégio de Presidentes passa a ser importante instrumento político de defesa dos interesses do Nordeste e das competências dos poderes legislativos”, disse Othelino Neto que aproveitou a oportunidade para discutir também com os parlamentares da região assuntos relacionados à política nacional.

Para dirigir o Colegiado, neste primeiro ano, foi eleito o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho (PMDB-PI). O parlamentar piauiense reiterou a importância do intercâmbio de projetos entre as casas legislativas estaduais, citando, por exemplo, o Procon da Assembleia do Ceará como uma ideia que será levada ao Parlamento estadual do Piauí. “Estamos iniciando hoje essa troca de experiências entre assembleias. Nós temos que conversar com os nossos senadores, é importante a união, a junção dos 27 senadores para defender um tema do Nordeste”, destacou.

Para o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), o Nordeste precisa desse Colégio conversando, ouvindo e cobrando demandas para a região. “Vamos continuar trabalhando e aperfeiçoando o Poder Legislativo, que é a nossa meta, e, cada vez mais, interagir com a população, porque isso faz com que os deputados possam aprovar mais projetos relevantes e, ao mesmo tempo, pressionar o poder central para os assuntos que julgarmos necessários”, afirmou.

Na próxima reunião, a ser convocada pelo presidente do Colégio, serão eleitos o vice-presidente e secretários, assim como discutida a periodicidade dos encontros entre os presidentes das casas legislativas.

Participaram do encontro ainda parlamentares de diversos estados do Nordeste, como o vice-presidente da Assembleia de Alagoas, Francisco Tenório (PMN-AL); representando a AL da Paraíba, o deputado Raniery Paulino (PMDB); Antônio Santos (PSC), da AL de Sergipe; o representante do presidente da AL da Bahia, Graciliano Bomfim, que é procurador-geral do Legislativo, entre outros.

Ao final do encontro, os deputados fizeram uma visita ao governador do Ceará, Camilo Santana. “Agradeço a gentil acolhida do governador e do presidente da Assembleia do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque”, comentou Othelino Neto.