Blefaroplastia sem corte: O que você precisa saber ?

O equipamento com mais estudos e comprovação cientifica de segurança e eficácia chama-se Plexer

Uma das primeiras áreas da face a exibir os sinais da idade é a área ao redor dos olhos. O excesso de pele nessa região provoca um aspecto cansado, envelhecido e podem comprometer o campo visual.

Foto ilustrativa
Foto ilustrativa

Para correção deste problema uma das opções mais procuradas é a cirurgia de pálpebras conhecida como Blefaroplastia onde corrigimos este excesso através de uma incisão (corte) e retirada da pele.

De forma não cirúrgica já contamos com o laser de Co2, fenol e radiofrequência fracionada para ajudar a minimizar esse problema, mas a grande novidade é a chegada da tecnologia de plasma no Brasil.

O equipamento com mais estudos e comprovação cientifica de segurança e eficácia chama-se Plexer, é italiano e esta em processo de certificação no Brasil com previsão de chegada aos consultórios médicos em Janeiro de 2018.

O instrumento extremamente precisa funcionar ionizando as partículas de gás no ar entre a ponta e a pele, para formar plasma. Um arco elétrico é criado, o que resulta em sublimação, ou seja, transforma um sólido diretamente em gás. Portanto, os resultados são instantâneo e  também nenhum calor é transferido para a área circundante.

Foto ilustrativa
Foto ilustrativa

Trata uma série de imperfeições sem nenhum corte real da pele. É usado para:

✓ Reconstrução da pálpebra (blefaroplastia não cirúrgica), incluindo a resolução de pálpebras inferiores largas e excesso de pálpebra superior;
✓ Imperfeições da pele e lesões benignas, incluindo verrugas, fibromas, pigmentação e manchas solares;
✓ Melhoria no aparecimento de cicatrizes, incluindo cicatrizes pós-cirúrgicas, cicatrizes de acne e estrias;
✓ Linhas e rugas ao redor da boca;
✓ E Outros…

O tratamento da área palpebral é feito com anestesia local e dura em media 30 minutos. O tempo de recuperação é de 8 a 10 dias em média.

Os efeitos positivos do tratamento poderão ser evidentes logo após a primeira intervenção, porém, melhores resultados serão observados após três semanas. Para a aparência benéfica máxima, geralmente são necessários três sessões com intervalos de 6 semanas.

Lembrando claro, que os resultados sempre variam de pessoa para pessoa e que em alguns casos a cirurgia continua sendo a melhor alternativa.

Então se o excesso de pele acima dos olhos incomoda você informe-se com seu médico sobre os benefícios desta técnica, mas ATENÇÃO certifique-se de que está usando um equipamento que possui liberação dos órgãos competentes. NÃO PONHA SUA SAUDE EM RISCO!

Até a próxima!