Palmeiras vira alternativa para Cruzeiro e, principalmente, Atlético-MG se reforçarem

Com um elenco inflado e com bons jogadores "encostados", Verdão cede atletas à dupla mineira, que tem modesta condição financeira para programar 2018

Criatividade e inteligência são algumas das palavras constantes no vocabulário das diretorias de Atlético-MG e Cruzeiro no fim de 2017. Os dois clubes planejam o ano de 2018 e têm semelhanças nas condições. A principal delas é o orçamento modesto para contratações. Sem muito dinheiro em caixa para buscar reforços, a dupla mineira precisa ser criativa para reforçar os times sem gastos muito altos. Empréstimos são uma opção, parceria com investidores é outra, o mercado Sul-Americano também pode colaborar com jogadores bons e baratos. Outra alternativa é buscar atletas em baixa em grandes clubes brasileiros. Galo e Raposa parecem estar ligados na última delas.

Um dos times brasileiros mais ousados na montagem de elenco para 2017 foi o Palmeiras. Com muito dinheiro disponível - vindo dos patrocionadores -, o Verdão contratou vários jogadores e formou um grupo recheado de opções. Alguns vingaram, outros nem tanto. O ano palmeirense terminou sem títulos, e algumas saídas eram previsíveis. Algumas já têm rota definida: São Paulo-Belo Horizonte.

Egídio

Egídio deixa o Palmeiras para voltar ao Cruzeiro Foto: Divulgação/Ag.  Palmeiras
Egídio deixa o Palmeiras para voltar ao Cruzeiro Foto: Divulgação/Ag. Palmeiras

O Cruzeiro recorreu ao Palmeiras para buscar de volta o lateral Egídio, que havia sido bicampeão brasileiro com a Raposa. Na passagem por São Paulo, o lateral foi utilizado com frequência no time titular palmeirense, mas sempre foi obrigado a conviver com certa pressão da torcida. Em 2015, quando foi contratado, disputou posição com Zé Roberto e atuou 36 vezes, mesmo número do seu último ano pelo clube. Em 2017, ficou marcado nas eliminações do Palmeiras na Copa do Brasil e da Libertadores. No total, foram 102 jogos do lateral pelo Verdão, com três gols marcados e dois títulos conquistados.

Arouca

Arouca vai para o rival Atlético-MG Foto: Divulgação/Cesar Greco
Arouca vai para o rival Atlético-MG Foto: Divulgação/Cesar Greco

O Atlético, por sua vez, também foi buscar atletas no Verdão. O primeiro a ser concretizado foi o volante Arouca. O volante chegou ao Palmeiras em janeiro de 2015 como uma principais contratações do início da era Alexandre Mattos no clube alviverde. Campeão da Copa do Brasil logo na sua primeira temporada, conviveu com lesões nos dois anos seguintes - participou de apenas dois jogos na campanha do título brasileiro de 2016. Nesta temporada, precisou passar por uma cirurgia no pé esquerdo que o afastou dos gramados durante quase todo o ano de 2017 - ele entrou em campo apenas duas vezes, nenhuma delas como titular.

Erik

Erik está com destino praticamente acertado com o Galo Foto: Divulgação/Ag. Palmeiras
Erik está com destino praticamente acertado com o Galo Foto: Divulgação/Ag. Palmeiras

A contratação ainda não foi confirmada, mas está bem encaminhada, e Erik é outro que deve trocar o Verdão pelo Galo. No Palmeiras, foi contratado em 2016 por R$ 13 milhões após se destacar pelo Goiás. No Verdão de São Paulo, porém, nunca conseguiu uma sequência regular no time titular. No primeiro ano, foram 32 partidas e três gols marcados. Mas, em 2017, os números caíram: 16 jogos e nenhum gol.

Raphael Veiga

Para onde também deve ir Raphael Veiga? Foto: Divulgação/Ag Palmeiras
Para onde também deve ir Raphael Veiga? Foto: Divulgação/Ag Palmeiras

Aposta do Palmeiras para 2017, Veiga começou a temporada como titular do time de Eduardo Baptista. Mas, ao longo da temporada, foi perdendo espaço. Fechou o ano com 22 jogos pelo Verdão e apenas dois gols marcados. Canhoto, tem como característica a qualidade no passe e a finalização de fora da área. Sempre foi considerado no clube como aposta para o futuro. O Galo está negociando e, se fechar, aposta na recuperação do futebol do garoto, de apenas 22 anos - ele foi muito bem no Coritiba, onde foi revelado.

Róger Guedes

Róger Guedes mais um palmeirense na mira atleticana (Foto: Divulgação/Ag Palmeiras)
Róger Guedes mais um palmeirense na mira atleticana (Foto: Divulgação/Ag Palmeiras)

Foi figura importante do Palmeiras campeão brasileiro de 2016, em um trio ofensivo completado por Dudu e Gabriel Jesus. Procurado por clubes da Europa, viveu altos e baixos na atual temporada e terminou o Brasileirão fora até do banco de reservas. Durante a temporada, se envolveu em discussão com Felipe Melo, foi alvo de trote na Academia de Futebol e foi afastado para um período de recondicionamento físico após ter seu comportamento questionado por dirigentes e companheiros. Ele atuou em 51 jogos em 2017 e marcou oito gols. Foi o segundo maior garçom do Verdão no ano, com sete assistências. O Atlético-MG está de olho no atleta e conta com o Banco BMG, parceiro de longa data, para tentar a contratação. Caso o negócio seja fechado, é mais uma aposta do Galo na recuperação de um jogador que não teve uma excelente temporada em 2017, mas que já mostrou muito talento.

Em todos os casos, é aguardar para ver se a "criatividade" atleticana e cruzeirense dará resultado.

Mais lidas nesse momento