Revitalização do Parque Ecológico da Cachoeira do Urubu será iniciada ainda este mês

O prazo de entrega da obra é de 90 dias

Localizado a 180 quilômetros de Teresina, no Território dos Cocais, na cidade de Esperantina, o Parque Ecológico da Cachoeira do Urubu ganhará uma nova estrutura. Após o fim do processo licitatório realizado pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur), o espaço contemplará mudanças que tornam o local ainda mais agradável, o que contribui para o desenvolvimento da região norte do estado.

Cachoeira do Urubu (Foto: Francisco Leal)
Cachoeira do Urubu (Foto: Francisco Leal)

A estrutura, atualmente, é composta por restaurantes, banheiros, quadras para uso esportivo e passarela de ligação ao município de Batalha. Com a revitalização e o novo projeto, o objetivo é melhorar a infraestrutura do parque, contribuir para consolidação do município no circuito ecoturismo e possibilitar a geração de oportunidades de ocupação e renda, além disso, manter o local como um dos atrativos mais visitados do estado, já que possui uma das maiores riquezas naturais do Piauí, a Cachoeira do Urubu. 

Para o secretário de Estado do Turismo, Flávio Nogueira Júnior, a obra é necessária e uma das mais importantes e aguardadas. “Vamos alegrar não somente quem mora na região, mas todos que desejam ou já foram visitar o local. No mês de março, com o aumento das chuvas, é possível contemplar e se admirar ainda mais a beleza das águas da cachoeira e o fluxo de turistas é bem maior nesse primeiro semestre”, destaca o gestor. 

A execução da obra deve iniciar ainda neste mês de março e tem o prazo de entrega para 90 dias. Oferece os serviços de melhorias em toda parte estrutural que envolve alvenaria, laje de forro, cobertura, instalações elétrica, hidráulica, sanitárias, telefonia e rede móvel, além de esquadrias, revestimentos, pisos, vidros e pintura.

Cachoeira do Urubu

De uma beleza exuberante, a Cachoeira do Urubu tem esse nome porque, no curso do Rio Longá, os peixes que ficam presos nas formações rochosas, que lembram mini aquários e atrai o urubu-rei, uma espécie de condor da América do Sul. Em virtude disso, os peixes que não desceram ou ficaram presos nos aquários rochosos viram presas mais fáceis da ave.

No local ainda é possível assistir a revoada dos urubus, um espetáculo nas quedas d’água originadas do Rio Longá.